A Associação Brasileira de
Redes de
Centrais de Negócios

A ABRCN – Associação Brasileira de Redes e Centrais de Negócios surgiu da necessidade deste setor em ter voz ativa e representatividade junto instituições públicas e governamentais.

Através de uma iniciativa livre e sem fins lucrativos, a ABRCN defende os interesses dos empresários com o objetivo de promover a evolução e desenvolvimento do setor através de sua legitimação.

Nossa Missão

Representar e defender os propósitos das Redes e Centrais de Negócios, fortalecendo e orientando este próspero modelo de negócios de forma ética e sustentável.

Nossa Visão

Representar e defender os propósitos das Redes e Centrais de Negócios, fortalecendo e orientando este próspero modelo de negócios de forma ética e sustentável.

Nossos Valores

Auxílio Legal

Promover a aprovação de legislação para Redes e Centrais de Negócios junto as autoridades, gerando segurança jurídica, societária e tributária para as empresas integrantes;

Orientação

Orientar as redes associadas sobre as melhores práticas de gestão, através de conteúdo especializado;

Network

Proporcionar a troca de experiência dos empresários através de encontros e eventos;

Fomento

Fomentar o desenvolvimento deste modelo de negócios, incentivando a formação de novas Redes e Centrais de Negócios no Brasil;

Defesa da Lei de Centrais de Negócios

Por que a ABRCN defende a criação de uma legislação específica para Redes e Centrais de Negócios?

As centrais de negócios estão hoje em um limbo jurídico, sem qualquer definição jurídica e amparo legal, com ampla insegurança jurídica aos empresários. A criação de uma lei que estabeleça as Centrais como uma figura jurídica válida e garanta seus direitos, é essencial e urgente, para que micro e pequenas empresas possam se unir com segurança e força.

São objetivos específicos do Projeto de Lei específico para Redes e Centrais de Negócios

Definir os tipos societários possíveis, os direitos e deveres da constituição e composição de uma central de negócios;

Estabelecer o modelo e aplicação tributária para cada um dos tributos que geram impactos para Centrais de Negócios e seus membros (ICMS, ICMS-ST, PIS, COFINS, ISS, IPI, IRPJ, CSLL, INSS, etc.);

Definir os impactos em relação aos seus membros, em especial no regime tributário;

Definir e regrar questões patrimoniais e sucessórias em Centrais de Negócio;

Ser um roteiro jurídico perfeito para a abertura, condução e eventual encerramento das Centrais.

Quero ser um Associado

Alguns Cases

Alguns Vídeos

Números do Setor

Nossos Últimos Artigos

A IMPORTÂNCIA DE TIRAR O PLANEJAMENTO DO PAPEL

por: admin 20 March 2018

 

O PAPEL DA DIRETORIA E SEU CICLO DE RENOVAÇÃO

por: admin 16 February 2018

 

O QUE SÃO REDES OU CENTRAIS DE NEGÓCIOS?

por: admin 21 December 2017

 

Entre em Contato

Top